3bqgnketppg

Sugar Farm
Zambia

Testemunhos de clientes Valtra

Temos orgulho de cada produto que fabricamos. Fique a conhecer a opinião dos nossos clientes.

Estes são testemunhos de clientes profissionais dos nossos produtos.
Explore o Mundo Valtra com estes exemplos!

REX HANG’ANDU- Operador de tractor (Valtra T213) - Fazenda Nanga

testimonial hang andu

REX Hang’andu é um operador de tractor que trabalha com o Valtra T213 desde há 4 meses na Zâmbia, na exploração de cana-de-açúcar Fazenda Nanga, uma subsidiária do grupo Illovo Sugar.

Na sua actividade diária, Hang’andu utiliza o Valtra T213 para a lavoura, colheita, sulcagem e plantação.

O Tractor Valtra T213 tem um motor de 220 CV que pode ser utilizado para trabalhos pesados de base, com tecnologia Fuse incorporada que pode servir para programar a máquina, engatar a tracção às quatro rodas, elevação e ligação, bloqueios de discos, e muitas outras funcionalidades.

“A melhor funcionalidade do Valtra 213 é o sistema de GPS. Tornou mais fácil o controlo da máquina”, afirma Hang’andu.

“O Valtra T213 tem um sistema de GPS com capacidade de memorizar com precisão onde estive ao trabalhar como operador. Só tenho de carregar no botão e a máquina começa a trabalhar automaticamente. É tão preciso que faz contornos regulares, dando um melhor aspecto ao meu trabalho, e assim tudo é mais fácil”, acrescenta Hang’andu.

“Se o GPS não estiver a funcionar correctamente devido a problemas na rede externa, a máquina foi concebida para poder ser usada em modo manual e permitir obter o mesmo resultado como se estivesse a usar o GPS.”
Na qualidade de utilizador do Valtra T213, Hang’andu afirma que “ao contrário de outras máquinas de outras marcas que já utilizei, o Valtra T213 é económico no consumo de combustível”.

“Quando estou a conduzir a baixa velocidade, a máquina consome cerca de 4,6 litros de combustível por hora, enquanto que, em marcha mais rápida, consome aproximadamente 9,5 litros por hora. Isto deixa-me realmente entusiasmado quando tenho mais de 100 hectares para cultivar”, acrescenta Hang’andu.

A Fazenda Nanga iniciou uma mudança no processo de mecanização do sistema de irrigação da rega por pivô e alagamento para a irrigação subterrânea por gotejamento, numa amostra de terreno com 110 hectares neste projecto de avaliação, para determinar os custos relativamente à rentabilidade do investimento, com vista a expandir o projecto a outras explorações agrícolas na Zâmbia e no Malawi.

O projecto está a ser realizado em colaboração com concessionários da AGCO - Tractorzam, AGCO, Nanga Farms, Netafim e Precision Decision.